Horário de atendimentoFuncionamento: 2ª à 6ª, das 8h às 11h e das 12h30 às 17h

Acompanhe-nos:

Página do facebook do município

Acessibilidade:

A-
A+

Mapa do site:

Estrutura do site

História

A Nossa Cidade » História

Histórico

Até o ano de 1906, as bacias do Rio Feio, Rio do Peixe, Santo Anastácio e o baixo Paranapanema, figuravam nos mapas de São Paulo como " zona desconhecida e desabitada ". Do lado do Mato Grosso, a parte fronteira, se achava nas mesma condições, e os habitantes do sul de ambos os Estados, só podiam alcançar a Capital de São Paulo e o Rio de Janeiro, indo pelo rio Paraguai ou por Uberaba- MG. Havia portanto, grande e premente necessidade de abrir-se comunicação entre estes dois Estados.

Dr. Francisco Tibiriça, Paulista empreendedor, entrou em contato com os Governos de São Paulo e Mato Grosso e obteve concessão para abrir uma Estrada de Rodagem que, partindo de São Matheus, na comarca de Campos Novos do Paranapanema, em São Paulo, atravessando o Rio Paraná, fosse sair em Vacaria, em Mato Grosso. Para o empreendimento, o Dr. Tibiriça formou uma sociedade, com o Coronel Arthur de Aguiar Diederichsen, proprietário de grandes fazendas de café na região de Ribeirão Preto, tido como homem de ação. A firma tomou o nome de "Diederichsen & Tibiriça", iniciando os trabalhos em maio de 1906. Para chefiar esses trabalhos foi contratado o Capitão Francisco Whitaker.

No inicio da construção, a área era habitada pelos índios Coroados, Guaicurus, Terenos, Tupis, Guaranis e Tupiniquins, com os quais foi necessário manter contato para que não houvessem lutas. Para esses contatos, foram utilizados os conhecimentos do Sertanista - Coronel Francisco Sanches de Figueiredo. Inicialmente, foi aberto o " Porto Tibiriça", hoje, Porto VX, para recebimento e partida de tudo que seria utilizado na construção da Estrada. Foi estabelecido nos campos de " Laranja Doce" um posto de recursos. Para dirigi-lo foi chamado Alonso Junqueira, que construiu o primeiro rancho coberto com zinco, no local onde hoje se encontra o centro de Indiana.

O nome " Indiana" decorre dos inúmeros grupos Indígenas que habitavam a região. O povoado que nasceu, serviu como base da Cia. Viação São Paulo- Mato Grosso, a fim de controlar a Estrada da Boiadeira de São Matheus, que ligava Campos Novos a Porto Tibiriça, que hoje se encontra desativada. São considerados os fundadores do Município o Capitão Francisco Witaker, o Coronel Arthur de Aguiar Diederichsen e Alonso Junqueira.

Elevado a Distrito de Paz e incorporado ao Município e comarca de Presidente Prudente pelo Decreto n.º 6638, de 31 de agosto de 1934, foi incorporado ao Município de Regente Feijó, pelo Decreto n.º 7262, de 28 de janeiro de 1935.

Indiana passou a Município, na comarca de Martinópolis, pela Lei N.º 233, de 24 de dezembro de 1948.

A Partir de 1949, o Município ganhou grande impulso. Foram Construídas várias pontes, a Estrada de Rodagem ligando Rodovia Oficial, bem como melhoramentos nas Vias Públicas.

Seu primeiro Prefeito foi Elias Salomão, o Vice-Prefeito Francisco Belo Galindo com período de gestão de 1949 a 1953.

Gentílico: Indianense

Distrito criado com a denominação de Indiana, por Decreto nº 6638, de 31 de agosto de 1934, no Município de Presidente Prudente.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, Indiana é distrito judiciário do Município de Presidente Prudente.

No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Distrito de Indiana figura no Município de Regente Feijó, pertencente ao termo e comarca de Presidente Prudente.

No quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939­1943, o Distrito de Indiana permanece no Município de Regente Feijó.

Assim figurando no quadro fixado, pelo Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, para vigorar em 1945-1948. Foi incorporado ao Município de Regente Feijó, pelo Decreto nº 7262, de 28 de junho de 1935.

Elevado à categoria de município com a denominação de Indiana, por Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembrado de Regente Feijó. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 17 de março de 1949.

Assim aparece no quadro territorial fixado pela Lei nº 2456, de 30-XII-53 para vigorar no período 1954-1958.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituido do Distrito Sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Prefeitura de Indiana

Prefeitura de Indiana


CNPJ: 49.520.133/0001-88

Rua Capitão Withaker, 407 - Centro CEP: 19560-000 - Indiana / SP


(18) 3995-1177
© 2017 Município de Indiana - Todos os direitos reservados